Festival Internacional SeixalJazz em cartaz

O Festival Internacional SeixalJazz está de regresso entre os dias 14 e 23 de outubro, sempre às 22 horas, ao Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal e o cartaz já está disponível para consulta nos meios oficiais do festival, com toda a informação de destaque sobre os coletivos desta edição.

O baterista americano Billy Hart volta à sala do auditório, agora como líder e em quarteto, numa formação com a qual já gravou dois álbuns pela ECM Records e da qual fazem parte Mark Turner, Ethan Iverson e Ben Street. Para ver e ouvir, na primeira noite de jazz no Seixal, quinta-feira, dia 14.

Diogo Alexandre Bock Ensemble é o projeto que se segue, sexta-feira, 15, e o exemplo perfeito do estado de evolução do jazz português,  que nasce da exploração coletiva entre sete dos mais criativos músicos do panorama musical português.

A primeira semana de concertos encerra no sábado, dia 16, com L.U.M.E. – Lisbon Underground Music Ensemble, que traz ao palco 15 instrumentistas músicos de jazz e música erudita, conduzidos pelo pianista Marco Barroso e pelo modelo clássico da big band, mas que ao mesmo tempo se demarca dos seus padrões mais convencionais.

A segunda semana SeixalJazz arranca no dia 20, quarta-feira, com João Lencastre’s Communion 3, um trio que irá trazer ao auditório as composições mais recentes do baterista João Lencastre, que terá ao seu lado Leo Genovese, no piano, e Drew Gress, no contrabaixo.

Seamus Blake & Joe Sanders «Infinity» é o projeto que o saxofonista e compositor Seamus Blake, considerado um dos expoentes máximos do jazz da atualidade, traz ao palco do auditório, quinta-feira, 21, num regresso ao SeixalJazz, após 25 anos, quando esteve ao lado de John Scofield na primeira edição do festival.

A noite de 22 está reservada à chilena Melissa Aldana, aclamada como uma das melhores saxofonistas contemporâneas e que no seu primeiro trabalho em quarteto, «Visions», estabelece como ponto de partida o legado dos artistas latinos que a antecederam.

The Trio Featuring Ted Nash, Steve Cardenas & Ben Allison é o coletivo americano que encerra a 22.ª edição do festival, no sábado, 23, inspirados pelo instrumentista de sopro e compositor Jimmy Giuffre e com dois álbuns editados, «Quiet Revolution», lançado em 2018, com selo da Sonic Camera e «Somewhere Else – West Side Story Songs, de 2019, editado pela Plastic Sax Records. 

Os bilhetes estão à venda na rede Ticketline e na bilheteira do Fórum Cultural do Seixal. As entradas para cada espetáculo têm um custo de 12 euros, com desconto de 25 % para jovens até aos 25 anos, reformados e funcionários das autarquias do Seixal e 70 euros a assinatura para as sete noites.

Para os que ainda não tiveram contacto com as propostas SeixalJazz 2021, já está disponível uma playlist no canal Deezer, bem como todas as informações nas redes sociais do festival: Facebook, Twitter e Instagram.

>>

Acompanhe as novidades através das redes oficiais do festival, com todas as informações que se destacam do cartaz desta edição.

Instagram

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

@SeixalJazz