Blogues

A cumplicidade com o público do SeixalJazz

Ainda antes do concerto ter início confidenciava-nos não saber onde podia chegar mas o quanto era especial saber que a sua música chega aos ouvidos de quem ouve.

A segunda noite do SeixalJazz começou com o som de um sopro. Ao centro do palco, ladeada por um pianista e uma violoncelista, Mette Henriette pareceu evocar um vento frio, a coberto do qual sabe bem rodear uma fogueira e ouvir contar histórias.

Dino Saluzzi Group @Seixaljazz 2016

A música de Dino Saluzzi Group soou na primeira noite do SeixalJazz «em busca de um mundo mais fraterno». As palavras são do próprio Saluzzi e foram proferidas no inicio do segundo set  do concerto de abertura do festival.

«Feliz por partilhar a música» com membros da sua família, o compositor de bandoneón, instrumento esquecido na Argentina durante muito tempo pelas suas raízes populares, lembrou que «o tango ou o fado são tão especiais como a música erudita» e que «para os tocar há que estudar».

Páginas