Blogues

Colin Stetson encheu a sala, o palco e a alma

O SeixalJazz encerrou de sala, palco e alma cheios. Colin Stetson, inventivo e singular, tem a preocupação de proporcionar um espectáculo sempre diferente e o concerto desta noite não destoou. Foi único.

Acompanhado dos seus saxofones, completo e inteiro na sua arte, Stetson lembra um xamã. A sua música é ritualística, a sua presença encantatória, e a sua mestria mágica. Com estes dotes, o músico povoou o auditório com exércitos de fantasmas e assombrações, abrindo portas para outras dimensões, contrastantes com a sua postura simpática e comunicativa.

Ricardo Toscano, todo o mundo vai querer ouvi-lo

Na última noite com músicos portugueses do SeixalJazz, Ricardo Toscano Quarteto tocou perante uma sala cheia onde admitiu estar «grande parte da minha família». O saxofonista considerou o «dia especial» por tocar num «festival histórico, que já albergou muitos dos meus heróis e hoje estou aqui com a minha banda: os meus músicos preferidos».

Páginas